Anúncios

MAR PARA SOFRER

(Dueto poético)
AMAR PARA SOFRER

Emocionada fiquei
Ao ler o poema seu
Uma reflexão profunda
Meus olhos não conteve
As lágrimas ao ler
Os versos.

Um poema de amor…
Percebi a dor contida na escrita
Seu coração sofrendo por um amor
Minha alma
Se condoeu à sua.
Ao interpretar sua poesia
É um desabafo
De um homem que ama
Na mais doída paixão
Um amor que te faz
Chorar…

Chorando e escrevendo
Talvez seu coração
Encontre um alento
Com o papel e a caneta
Sua alma desabafe
Essa é a realidade
De um poeta que ama
Sem ser correspondido.

Como poeta que sou
De aflorada sensibilidade
Me prezando como tal
A alguém especial
Gostar seja um facto,
Sentir saudades pura realidade.
Pensar uma constante,
Estar longe força do destino,
Esquecer esse amor…
É deveras impossível.

Ah! Se eu soubesse
Amar alguém assim…
Como amo com amor sagrado,
Vivido,
Realizado…
Significa sofrer
De modo algum permitiria
Este sentimento cego
Me envolvesse no coração
Deste jeito tão delicado.

Ainda assim…
No deserto da vida
Vezes havendo
Do que temos
Melhor merecemos
Sendo assim a vida
Como poeta do sentimento
Tenho com as ciladas
Que me sujeita a vida
Aprender a lidar…
E no papel,
Com a caneta
Não fingir
Nada aconteceu.*

 Direitos  Reservados :Simone Lelis Lima & Isack Aly Amade
19/11/2017

Anúncios

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: