Advertisements

poema-018

PARA QUE A PROCURA SEJA  ETERNA

                Que importa a estrada  e a direção

em que sigam teus passos,

o rumo é um só não te detenhas

A procura de ti será eterna

se tivesse dentro de ti

a chama que te queima.

 

Ao errares o caminho

isso que importa?

Baterás a uma e outra porta

até que abra aquela que procuras,

ou não se abre nunca

talvez melhor assim,

para que seja eterna tua fome de vida,

do sentido e do segredo da existência.

 

Realizares-te seria terminar

a razão da procura

Seria teu coveiro

pois cavarias a própria sepultura.

Ter um desejo sempre insastifeito

é a razão para a luta continuar eterna.

de LUTAR E DE VIVER;

 

 

Advertisements
%d bloggers like this: