Anúncios

recomeçar


Quando me amei de verdade,
pude compreender
que em qualquer circunstância,
eu estava no lugar certo,
na hora certa.
Então pude relaxar.

Quando me amei de verdade,
pude perceber que o
sofrimento emocional é um sinal
de que estou indo contra a minha verdade.

Quando me amei de verdade,
parei de desejar que a minha vida
fosse diferente e comecei a ver
que tudo o que acontece contribui
para o meu crescimento.

Quando me amei de verdade,
comecei a perceber como
é ofensivo tentar forçar alguma coisa
ou alguém que ainda não está preparado
– inclusive eu mesma.

Quando me amei de verdade,
comecei a me livrar de tudo
que não fosse saudável.
Isso quer dizer: pessoas, tarefas,
crenças e – qualquer coisa que
me pusesse pra baixo.
Minha razão chamou isso de egoismo.
Mas hoje eu sei que é amor-próprio.

Quando me amei de verdade,
deixei de temer meu tempo livre
e desisti de fazer planos.
Hoje faço o que acho certo
e no meu próprio ritmo.
Como isso é bom!

Quando me amei de verdade,
desisti de querer ter sempre razão,
e com isso errei muito menos vezes.

Quando me amei de verdade,
desisti de ficar revivendo o passado
e de me preocupar com o futuro.
Isso me mantém no presente,
que é onde a vida acontece.

Quando me amei de verdade,
percebi que a minha mente
pode me atormentar e me decepcionar.
Mas quando eu a coloco
a serviço do meu coração,
ela se torna uma grande e valiosa aliada.

Anúncios

levante lute

Levante… lute!
Ou você é mais um covarde?
Vamos seu espectro faminto,
Enfrente sua própria consciência.
Eu sou você!

A vida está passando, e a única coisa
Que nos restará são suas (minhas) experiências…
Venha buscar algo que você já encontrou.
Posso ser o Demônio em seu ombro?

Não quero ser um sonho de uma
sombra, vamos fazer parte de algo.
Mude o mundo!
Quebrar limites é se aproximar rápido.
Vamos?!

Visões no deserto de água não surgiram. Mas
Na memória, irá esconder tudo, e talvez nada.
Opostos que não se opõe. Frio, quente? Pode sentir?
Ou nada poder te ferir? Vamos… Viva!
Compre seus sonhos para não ter nada!

Agora estou me lembrando… Um dia você disse
Que a realidade não pode ser vista,
Que não pode ser tocada.
Agora eu compreendo… não sou mais do
Que uma mente muda, presa, em um cárcere mórbido!

Em um mundo de aparências, onde as
Pessoas usam máscaras, você conhece
Uma pessoa. Uma primeira conversa…
Uma pessoa legal, uma nova amizade.

Um encontro inesperado… uma mudança
Inesperada, um silêncio inesperado…
Olho nos olhos.

Olhos que olham para os meus.
Olhos que tentam mergulhar aos meus.
Olhos que se calam quando eu me calo.

Uma distância esperada…
Como pode ter saudade de um único sorriso,
De um único abraço???

Agora, você desejou. E sem mover, calou…
Belas palavras que agora o atingiram. Não se esqueça
Que você é um ser humano, que também fraqueja,
Que também deseja, e que, sem mover… se cala!

Um dia chuvoso, um eclipse e uma frase: “Só o que é bom
dura tempo o bastante pra se tornar inesquecível…”.

Buscar o silêncio, a solidão,
Quem és o loco que quer a morte?
Porque rimam poeta com amor se
Ele também pode escrever a dor?

Para ser poeta, pra muitos
Basta rimar, pensar, amar,
Relatar, ousar, calar e sorrir.
Pra mim, basta morrer.

A poesia não é feita de versos e
Sim de uma mente solitária, vazia,
Buscando satisfação para
Saciar seus desejos.

SÁBIO E SABEDORIA

SÁBIO E SABEDORIA
Quem será o mais sábio dos mortais?
Quem será o grande intelectual,
Aquele que em tudo sabe mais,
Rei da sabedoria mundial?
Até uma pesquisa eu faria
Para todos os sábios conhecer
Um anel e uma coroa eu daria
À “Grande Majestade do Saber”!
Para o sábio, o Universo se abre
Sabendo, ele sabe ser feliz.
O sábio nunca diz tudo que sabe,
Mas sabe que sabe tudo o que diz.
Com ele eu queria aprender,
Percorrendo juntos sua estrada.
Grande sábio como ele também ser,
E saber que o sábio não sabe nada.
Sabedoria é uma coisa tão bonita!
Todo sábio está cansado de saber
Que a arte do saber é infinita,
E resta muito para o sábio aprender.
Em verdade, o maior sábio do mundo,
Seja um gênio, ele sabe muito pouco.
E, se ousar querer saber tudo a fundo,
Deixará de ser sábio para ser louco!
Manoel Gomes
Prêmio Sesc de poesia/1999

http://www.cantinhoamigo.net.br

O RATO E A RATOEIRA

O RATO E A RATOEIRA

Um rato vagabundo chegou em uma casa olhando pelo buraco da parede vê um homem entregando um pacote e uma mulher abrindo-o, rapidamente pensou: hummm… que tipo de comida poderá ter alí?
E imaginou um saboroso queijo. Estava com água na boca em pensar que era um dos seus preferidos, ficou horrorizado, quando descobriu que era uma ratoeira
Foi para o pátio da casa para advertir a todos:
“HÁ UMA RATOEIRA NA CASA, UMA RATOEIRA! ”
A galinha que estava buscando suas minhocas na terra, cacarejou e disse:
“Desculpe-me Sr. rato entendo que seja um grande problema para você, mas a mim não prejudica em nada, nem me incomoda!” e o ratão se entristeceu muito.
O rato seguiu correndo buscando ajuda,chegou até o cordeiro e disse:
” Há uma ratoeira na casa!”
“Desculpe-me Sr. Rato, não vejo nada que possa fazer, eu como capim.fique tranquilo, você estará em minhas orações!”
O rato foi até onde estavam as vacas,e disseram: “o que você falou, uma ratoeira? Por acaso nós estamos em perigo? Creio que não então o rato voltou para a casa,cabisbaixo e abatido, para encarar sozinho a ratoeira………
Naquela mesma noite se escutou um ruido, como de uma ratoeira agarrando sua vítima. A mulher correu para ver o que havia na ratoeira.
Mas na escuridão não viu que a ratoeira tinha agarrado o rabo de uma cobra venenosa.a cobra picou a mulher. O marido a levou correndo para o hospital. A mulher estava com muita febre.
Nada melhor que um bom caldo de galinha. Então o homem pegou uma faca e foi buscar o principal ingrediente: a galinha.
Como o estado da mulher piorava, os amigos e vizinhos foram vê-la e para alimenta-los, teve que matar o cordeiro.
A mulher não resistiu e acabou morrendo.
Muitas pessoas foram ao funeral.
O pobre homem muito triste e agradecido pela solidariedade, então resolveu matar as vacas, para dar de comer a todos.
Da próxima vez em que você escutar que alguém está enfrentando um problema, e acredita que a ti não afeta, pense duas vezes, em todas as casas podem precisar de uma ratoeira, e todos os integrantes correm perigo!
“Ajuda a teu próximo” gálatas 5: 14
“Pois toda a lei se cumpre em uma só palavra a saber: amarás a teu próximo como a ti mesmo.”
Nota: se deram conta de quem se salvou?
Numa comunidade, como em um grupo de amigos e na própria família, quando um integrante está com problemas, este problema é de todos
E juntos devem resolvê-lo ou ver em que podem ajudar para aliviar a carga do problema.

AMAR NÃO É SÓ DAR OU RECEBER,
É COMPARTILHAR E SER FELIZ.

O QUE VOCÊ FARIA?

O QUE VOCÊ FARIA?


A questão a seguir foi proposta num teste de admissão para uma grande
empresa.
Leia, pense um pouco e dê sua resposta. Depois, confira os resultados…

Você está dirigindo seu carro numa noite de tempestade, passando por uma área razoavelmente deserta da cidade. Se aproxima  de um ponto de ônibus e vê 3 pessoas na chuva, aguardando transporte:

  1. Uma senhora de idade, que treme e parece estar passando muito mal,

  2. Um médico que já salvou sua vida na mesa de operação, e

  3. O homem/a mulher dos seus sonhos.

Você reduz a velocidade e olha apreensivo para o banco do carona.
No seu carro, só há lugar para mais uma pessoa. Não há outra saída:
você precisa escolher a qual daquelas 3 pessoas você vai dar carona.
E então? Quem você escolheria? Justifique sua escolha.

Bom, veja agora o que a maioria das pessoas responderam:
Você poderia escolher a senhora de idade; afinal, ela está passando mal e dar carona a ela pode significar salvar uma vida.
Mas, falando em salvar vidas, você também poderia perfeitamente escolher o médico, pois ele já salvou a sua vida. Essa é a oportunidade perfeita para mostrar sua gratidão.
Entretanto, você poderia expressar essa gratidão pelo médico em outra oportunidade no futuro, mas talvez você jamais possa ter novamente uma
oportunidade como essa com a pessoa com quem você sempre sonhou e que
espera ali, desprotegida e encharcada, naquele ponto de ônibus.

O candidato que foi selecionado para a vaga (dentre os 200 concorrentes) deu uma resposta diferente dessas três. Quer saber o que ele disse? Eis a resposta dele:
“Eu daria a chave do carro para o médico; deixaria que ele levasse a senhora doente para o hospital e ficaria ali, esperando o ônibus com a mulher dos meus sonhos!”

Mensagem final: Nâo pense como a maioria! Pense além!!!

 

%d blogueiros gostam disto: